terça-feira, 11 de outubro de 2011

Acho que é paixão ;



Me perdi no teu olhar ao te encontrar. Me encontrei na imensidão do teu 

querer. Te quis, querendo recusar. E foi assim, de repente, que comecei a 
te amar. Sem culpa, sem receio e sem medo, me entreguei. Sem pensar 
nas consequências, me declarei. Eu jamais te esquecerei. Realmente te 
amei!

Nenhum comentário:

Postar um comentário